O que é inteligência emocional, e por que ela é importante para Freelancer?

O que é inteligência emocional

Vamos começar entendendo um pouco sobre a inteligência emocional.

A inteligência emocional é a habilidade de lidar com as emoções, a capacidade de gerir suas emoções, de modo a pensar adequadamente antes de qualquer ação ou decisão.

No momento em que você consegue controlar suas emoções seja elas noas ou ruins, as chances de conseguir alcançar seus objetivos são bem maiores.

As emoções são parte importante da nossa vida, porém elas não podem dominar a sua vida de forma que a pessoa não possa agir racionalmente.

Além de compreender a própria emoção, é preciso também compreender o que os demais sentem, podendo construir relacionamentos duradouros.

Portanto, aprender a desenvolver a inteligência emocional é um aprendizado fundamental para a vida.

Cinco etapas para o desenvolvimento da inteligência emocional

Segundo Daniel Goleman, autor do livro Inteligência Emocional, “a incapacidade das pessoas em lidar com as próprias emoções podem ter como consequência a destruição de vidas e o abalo de carreiras promissoras”.

Assim, Goleman apresenta cinco etapas para o desenvolvimento da inteligência emocional. São elas:

  • Autoconhecimento;
  • Autocontrole;
  • Automotivação;
  • Empatia;
  • Sociabilidade.


Vamos conhecer mais profundamente as etapas da inteligência emocional.

Autoconhecimento

Conhecer a si mesmo.

Somos seres com emoções, e muitas vezes deixamos elas falarem no lugar da razão.

A pessoa que conhece a si mesmo sabe quais são suas fraquezas, fortalezas, pontos positivos e negativos.

Praticando o autoconhecimento, sabemos lidar com mais facilidade com cada emoção.

Conseguimos perceber rapidamente quando estamos com raiva, tristes, cansados. E, sabendo identificar esses períodos de emoções, podemos ter um autocontrole da situação.

Um exercício interessante é anotar cada tipo de emoção que sentimos durante o dia e o que impulsionou esta emoção.

E nos questionar se o que sentimos é real ou é a forma como estamos interpretando uma situação.

Autocontrole

Trata-se da capacidade de controlar ou redirecionar as emoções que nos perturbam.

Não adianta sabermos identificarmos as emoções que nos prejudicam e não conseguirmos lidar com elas.

O autocontrole nos permite pensar antes de agir.

A partir do momento em que nos conhecemos e, identificamos quais emoções sentimentos e em que situações elas surgem, podemos geri-las.

Segundo Daniel Goleman, a consciência das emoções é fator essencial para o desenvolvimento da inteligência do indivíduo.

Automotivação

Motivar a si mesmo pode ser uma tarefa árdua para a grande maioria das pessoas.

A automotivação é a habilidade de colocar as suas emoções a serviço de seus objetivos.

A pessoa tem noção de que o que deseja é difícil, que existem obstáculos no caminho, porém traça metas para alcançar o alvo.

As pessoas automotivadas são pessoas perseverantes, que insistem, ou seja, que não desistem na primeira barreira.

Aprender a gerenciar as emoções e racionalizar antes de tomar qualquer decisão traz grandes benefícios.

Um ponto importante a destacar é que você precisa acreditar que pode mudar, que algo é possível com dedicação e esforço.

Empatia

Assim como você os outros ao seu redor também tem suas próprias emoções, e precisamos simplesmente saber respeitar cada momento.

Um bom relacionamento entre as pessoas depende disso.

Mesmo sabendo que você lidaria de outras formas em certa situação, é sempre necessário tentar entender o motivo que levou a pessoa a agir daquela forma, sem um julgamento prévio.

Empatia é colocar-se no lugar do outro.

A empatia é muito mais do que respeitar os sentimentos das outras pessoas.

Sendo empático, você perceberá uma grande melhoria em seus relacionamentos.

Sociabilidade


Se relacionar com outras pessoas é algo muito importante para colocar todo o resto em prática.

É nesse momento que você vai conseguir ter uma visão mais ampla da situação, e saber o que ainda tem de mudar. Nunca esqueça que estamos em constante mudança.


A real importância de saber controlar as emoções é para ter uma vida mais tranquila, sem muita pressão, o que muitas vezes acaba prejudicando nossa saúde.

Assim conseguimos de forma saudável conquistar todos os nossos objetivos.

Pensando em nós mesmos, mas lembrando que também devemos nos importar com a vida das outras pessoas.


Muitas pessoas ainda ficam com dúvidas de como adquirir essa habilidade tão importante para um bom convívio geral. Mas o segredo é sempre buscar conhecer a si mesmo em primeiro lugar.

Por que a inteligência emocional é importante para Freelancers?

Assim como qualquer outro profissional os Freelancers também necessitam de autoconhecimento e autocontrole.

Pelo fato de trabalhar sozinho e por conta própria, o freelance sofre muitas pressões durante o dia.

Preocupações recorrentes, tais como, cumprir um prazo, fechar um projeto, conseguir mais clientes, fazer publicações nas redes sociais.

Enfim, são muitas as tarefas de um freelance.


Muitos profissionais que trabalham desta forma acabam trabalhando no meio de pessoas próximas ou até mesmo em suas casas, outras são freelances e mães, ao mesmo tempo.

Então saber se controlar diante das situações é muito importante.

O trabalho faz parte de nossas vidas.

Dedicamos muitas horas em prol da carreira e dos negócios. O ideal é que estivéssemos trabalhando em algo que realmente amamos fazer.

Mas, sabemos que essa não é a realidade de muitos. Alguns começaram a atuar como freelance devido a situações da vida, outros por opção.

Por isso muitas pessoas acabam se pressionando muito, se cobrando demais e, com isso, muitas vezes, acabam deixando as emoções tomarem domínio de sua mente.

Quando o trabalho freelance se confunde com sua vida

O freelance ou autônomo, ou mesmo quem trabalha em home office precisa saber o momento de parar, momento de se desligar do trabalho.

Se temos como ponto positivo, o fato de trabalharmos em casa, próximos à família, por outro lado, precisamos estabelecer regras para nós e nossos familiares.

Momentos de lazer são importantes para nossa saúde, eles nos fazem trabalhar de maneira mais leve.

Porque sabemos que temos de concluir as tarefas, mas também sabemos que depois disso vamos ter um tempo para aproveitar e estar em família.

Aprenda a se organizar tanto mentalmente quanto em suas tarefas diárias. Uma coisa não exclui a outra.

Fique atento aos seus próprios limites.


A inteligência emocional vai muito além de querer ter o controle de nossos sentimentos. Temos de nos organizar, saber respeitar nossos próprios limites e enxergar o limite dos outros.

Isso em qualquer empresa e qualquer situação é indispensável.

Como adquirir a inteligência emocional?

Aprenda a autoanálise


Comece a reparar em como você age em certas situações do seu dia a dia. Quais são suas emoções mais frequentes, e o porquê de isso o estar afetando.

São detalhes que podem mudar todo o seu dia com poucas mudanças.

Não dê lugar a negatividade


Sabemos que tudo tem dois lados.

Mas quando estamos falando de inteligência emocional devemos considerar que nem tudo são flores.

Pensar positivo é sempre a melhor saída. Isso faz com que você consiga ter um controle maior das emoções.


Pense antes de agir


Um dos maiores problemas das pessoas é que elas não conseguem se controlar. Começam a falar e fazer coisas antes mesmo de parar e raciocinar.


Quando pensamos antes de agir conseguimos evitar muitos problemas desnecessários.


E é exatamente por não pensar que ocorrem os momentos de explosão e de exageros. Sejam eles nos atos ou palavras. Então sempre antes de qualquer ação, reflita.

Saiba quais são seus limites


Desde o momento em que você começa a se conhecer perceberá quais são os seus reais limites. Eles mudam constantemente, por isso é importante sempre praticar o autoconhecimento de tempos e em tempos.

Conclusão

Não é do dia para a noite que vamos adquirir a inteligência emocional.

Mas é nos detalhes que vamos colocando em prática nas nossas vidas, de uma maneira mais natural vamos conseguindo controlar nossas próprias emoções.


Dessa forma acabamos adquirindo um controle maior de toda a nossa vida, deixando ela mais leve, sem tanta pressão.

São passos simples que conseguimos colocar em prática no nosso dia a dia que no final fará toda a diferença.

Não apenas para nós mesmos, mas também para todas as pessoas que estão a nossa volta.


E sempre que tiver a oportunidade de fazer mais alguém colocar tudo isso em prática, faça. Pois, é assim que ajudamos uns aos outros.

Ficamos por aqui.

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos próprios artigos.

Email Marketing by E-goi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *